Como não errar na hora de comprar móveis planejados?

Os móveis planejados podem ser uma solução favorável para os mais variados ambientes, tanto em residências quanto em apartamentos devido a versatilidade que os perfis modulados apresentam. Há uma série de vantagens que podem ser aproveitadas ao encontrar uma empresa de confiança e que elabore um projeto de qualidade, mas para isso, conforme será abordado ao longo do texto, é preciso que exista atenção a alguns fatores. Antes de apresentá-los, é interessante abordar os benefícios de maior destaque proporcionados pelos móveis planejados:
  • Valorização do imóvel;
  • Organização;
  • Aproveitamento de espaço;
  • Personalização.
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); É interessante citar que imóveis que apresentam peças planejadas podem ter uma valorização maior no mercado imobiliário, especialmente ao considerar a adequação ao espaço que esses itens apresentam, além da durabilidade. Para casas e apartamentos as soluções podem ter características bem distintas, por exemplo, portas de correr podem ser comuns em lugares compactos, enquanto as basculantes ou com abertura tradicional podem favorecer espaços mais amplos. Conforme citado, são peças pré-fabricadas com uma modulação padronizada e por causa desse modo de fabricação, há possibilidade de que o ambiente tenha um aspecto ainda mais padronizado e organizado. De um modo geral, são alternativas que proporcionam um melhor aproveitamento, principalmente para circular pelos espaços, o que faz toda diferença principalmente em locais compactos. A personalização pode ser alcançada em alguns detalhes dos móveis, como por meio da escolha dos acabamentos ou até mesmo puxadores aplicados.  É interessante que esteja em harmonia com o ambiente, por exemplo, que seja no mesmo estilo que o relogio parede personalizado e demais elementos decorativos.

Dicas para não errar no momento de adquirir

Naturalmente, cada necessidade pode apresentar especificações a serem atendidas, em especial, ao se tratarem de ambientes totalmente distintos. Todavia, há algumas dicas gerais que podem ser adotadas para evitar transtornos na aquisição de móveis planejados:

-Priorização da funcionalidade

Priorizar a funcionalidade é um dos pontos principais, pois ao negligenciar esse ponto diversos fatores são comprometidos, desde a decoração até a organização. Em apartamentos, como normalmente são locais mais compactos do que residências, os cuidados nesse sentido devem ser redobrados, em especial, ao analisar o número de compartimentos, escolha de funcionalidades extras, entre outras possibilidades. Nesses casos, podem ter algumas distinções de acordo com a edificação no momento da instalação devido às normas que devem ser atendidas, inclusive ao abordar o projeto de segurança contra incendio.

-Disponibilizar medidas incorretas

Para compreender a importância da cautela das medidas adequadas, basta pensar sobre os processos de aquisição de móveis convencionais e planejados, naturalmente, necessidades distintas devem ser atendidas em prol de resultados satisfatórios. Por exemplo, um armário de aço para cozinha convencional pode ser selecionado com predominância no material e estética, mas os aspectos que a aquisição de um planejado envolve são distintos devido aos prazos e a relação do item com o ambiente. Essas particularidades devem ser consideradas, pois são decisivas para cada espaço e por essa razão, é de grande importância apresentar para os profissionais responsáveis todas as informações necessárias para o projeto.

-Ir além dos valores na busca

Claramente, os valores finais possuem grande impacto em qualquer tipo de aquisição, mas é preciso ir além da quantia ao questionar profissionais ou realizar buscas para que de fato uma boa escolha seja realizada, principalmente para que um custo-benefício considerável seja garantido. Entre outros aspectos de grande impacto e que devem compor a busca, é possível citar:
  • Condições de pagamento;
  • Referências;
  • Tipo de material trabalhado;
  • Experiência da empresa;
  • Prazos;
  • Frete.
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Informações como essas possuem um impacto significativo ao se tratar da escolha de uma empresa de confiança e principalmente, para encontrar uma solução que, de fato, seja favorável.

-Garantir um contrato formal

Assegurar um contrato formal é uma maneira de prevenir grandes transtornos, principalmente financeiros que envolvam a falta de atendimento a algo que foi acordado verbalmente. O cuidado deve ser redobrado quando o cenário envolve os modos de pagamento, prazos e características dos móveis adquiridos. A existência do documento reforça o profissionalismo da empresa e deve ser elaborado de um modo claro, com cláusulas compatíveis com todo o processo acordado.

-Atenção ao contrato

Certamente, não basta assegurar um contrato para que uma maior sensação de proteção seja obtida sem que seja visto com atenção. Afinal, este item vai muito além de uma formalidade. Entre os elementos que exigem atenção estão os acabamentos, tonalidades, a quantidade, condições propostas de montagem e entrega, dimensões, entre outros fatores de relevância para o investimento.

-Serviço de montagem e desmontagem

Por mais que tenha citado anteriormente a opção e montagem no contrato, é válido dar ênfase a este fator, uma vez que pode ser um grande diferencial recorrer a uma empresa que ofereça esses procedimentos. Diversos profissionais que atuam nesta área disponibilizam o serviço de montagem e desmontagem, é um fator a ser considerado principalmente para evitar transtornos posteriormente. Afinal, um profissional especializado poderá realizar os ajustes necessários, inclusive ao longo do tempo, como caso surja a exigência de reparar um interruptor com tomada ou efetuar alguma alteração. Além das informações apresentadas, é interessante que o processo de montagem seja acompanhado, principalmente para assegurar que tudo ocorra conforme o que foi alinhado com a empresa responsável. A presença do proprietário também é vantajosa para um direcionamento mais preciso dos colaboradores, como em relação ao posicionamento de determinado móvel e uma imagem no papel de parede para sala.

Conheça quais são os 3 principais acabamentos

O conhecimento é um aliado decisivo para fazer uma boa escolha na hora de comprar móveis planejados, o que também está relacionado com os tipos de acabamentos que podem compor as peças. 

-Laca

A opção em laca é o acabamento ideal para quem quer assegurar a sofisticação com possibilidade de ser aplicado na opção fosca ou brilhante. Assim como outros abordados, uma série de tonalidades podem ser encontradas.

Dessa maneira, a superfície fica uniforme e lisa, o que pode ter harmonia com um forro de PVC liso no teto, que também atende um estilo sofisticado.

-Acrilato

O acrilato, também chamado de acrílico se destaca por apresentar um aspecto semelhante ao vidro e diversas tonalidades, o que viabiliza projetos ainda mais personalizados. De acordo com o ambiente, é possível reforçar a identidade do proprietário, como a escolha de itens de decoração e cortina para quarto em um estilo que atenda sua preferência. As espessuras variam de forma significativa e um dos principais cuidados que devem ser tomados é em relação a higiene no que diz respeito aos produtos e modo de aplicação para não causar danos.

-Vidro

O vidro é uma alternativa recomendada essencialmente para gavetas e portas. Dependendo do ambiente, pode combinar com outros itens próximos que apresentem o mesmo material. (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Esse é o caso de apartamentos que contam com fechamento de varanda, que normalmente é realizado para um melhor aproveitamento de espaço e luminosidade por meio de folhas de vidro laminado.

Cuidados com os materiais 

Grande parte dos móveis planejados são compostos por MDP (Medium Density Particleboard) e MDF (Medium Density Fiberboard), a primeira alternativa é constituída por partículas de madeira, enquanto o MDF apresenta resina e fibra de madeira em sua composição. Normalmente o MDP é aplicado em peças com direcionamentos retos, como divisórias e prateleiras, já o MDF pode ser submetido a trabalhos mais minuciosos devido aos acabamentos de design atendidos. De qualquer forma, ao se tratar de áreas úmidas, é preciso ter grande cautela, uma vez que a vida útil dos móveis pode ser reduzida de maneira severa nessas condições. Sendo assim, ao se tratar de lavanderias, cozinhas, banheiros, entre outros locais, é interessante que além de um MDF específico, com maior resistência à água, a base do móvel seja de um material diferente, como pedras ou cerâmica. De preferência, o acabamento das peças também deve ser realizado com pedras para que danos devido a umidade sejam evitados. Sendo assim, pode-se concluir que há possibilidade de utilizar em áreas úmidas, desde que certas medidas sejam adotadas. Já ao se tratar de cuidados gerais com os materiais dos móveis planejados, é válido abordar que remontagens frequentes devem ser evitadas. Isso se deve ao fato de que esse tipo de atitude pode danificar componentes dos móveis como as ferragens, além de comprometer o alinhamento adequado de cada item. É crucial que profissionais especializados sejam sempre consultados, tanto a respeito dos acabamentos quanto em relação aos prazos, orçamentos, instalação, entre outras possibilidades. Dessa forma, será possível contar com maior clareza e precisão nas escolhas realizadas para o projeto de móveis planejados. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos. (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Deixe uma resposta

Fechar Menu
0
×

Carrinho

Tecnologia por NB8.digital Creative Ecommerce - WooCommerce