Organização é um tipo de hábito que nem todas as pessoas têm, entretanto, adotar o costume de manter suas coisas organizadas, incluindo o guarda-roupa, pode trazer vários benefícios. 

As pessoas que possuem o hábito de manter suas coisas organizadas, inclusive o guarda-roupa, tendem a se encontrar mais rápido na procura de objetos pessoais e em outros momentos.

Conheça alguns benefícios da organização 

Geralmente as pessoas passam a adotar o hábito da organização após passarem por um problema, por exemplo, a procura de pertences importantes. Assim, manter o guarda-roupa organizado faz com que se economize tempo, dinheiro e energia ao procurar por algo. 

Afinal, o móvel pode ser considerado um dos mais importantes da casa, isso porque ele, ironicamente, não guarda somente roupas. 

Atualmente, nem todas as pessoas possuem um tempo vago para ter um momento de descanso, então imagine o tempo que você poderia economizar ao buscar aquela foto ou documento que pode estar em vários pontos do armário. 

Então, manter o seu guarda-roupa organizado tem o benefício de fazer bem para si próprio e também para as pessoas que vivem com você, evitando estresse e brigas desnecessárias. Além de evitar discussões, você acaba poupando dinheiro. 

Pode parecer engraçado, mas você provavelmente já passou por isso, ou conhece alguém, que acabou tendo que comprar algo que não conseguiu achar no guarda-roupa, mas no fim, em um dia que separou para organizar as coisas, acabou encontrando o objeto. 

Na questão financeira, desapegar de itens que já não são tão úteis na sua vida, pode render um bom dinheiro. Você pode aproveitar o valor arrecadado e caprichar na decoração do quarto. Inclusive, é recomendado um descarte anual destes itens.

Outro fator que será só consequência da boa organização é o aumento de produtividade, simplesmente pelo fato das coisas estarem mais fáceis de encontrar. 

Além disso, as chances de acontecer um acidente ao pegar algo no guarda-roupa será menor, afinal, é comum pessoas derrubarem coisas que estão mal localizadas dentro do móvel. 

Inclusive, facilitar a localização dos objetos com etiquetas é uma opção, isso não ajudará apenas você, mas também as pessoas que têm acesso ao seu guarda-roupa, principalmente na hora de te ajudarem a guardar as coisas. 

A padronização, muitas vezes, serve como uma forma de deixar algo visualmente melhor e organizado. A mesma coisa pode ser aplicada no guarda-roupa, com cabides e araras para roupas, que facilitarão a localização  e deixarão tudo organizado e funcional. 

Você pode aproveitar esta parte da organização, e separar roupas para cada estação do ano, ou evento, e até mesmo fazer um jogo de cores. 

Entretanto, foque em manter o local das roupas usadas no dia a dia organizado, pois será nesse lugar que o guarda-roupa ficará mais propício à desorganização. Abuse de caixas organizadoras e colmeias, estas opções facilitarão na parte de conquistar espaço.

Resumidamente, você perceberá as seguintes diferenças ao adotar este hábito:

  • Ter mais tempo para fazer as coisas;
  • Redução de acidentes;
  • Praticidade;
  • Economia de dinheiro; 
  • Melhor qualidade de vida; 
  • Execução rápida de tarefas. 

Um armário organizado é um caminho para uma vida organizada, pois, como visto, isso ajudará dentro de toda a correria do dia a dia.

1 – Crie uma lista dos seus pertences

Basicamente, é necessário que você monte uma lista de pertences na qual você usa diariamente, ou simplesmente sejam importantes. Montar essa lista te ajudará a se encontrar no processo de organização de seu guarda-roupa. 

Inicialmente é recomendado que você foque somente em uma parte do móvel, projetando os lugares que podem ser ocupados pelos objetos pessoais, bem como definindo exatamente o que ficará em cada parte.

2 – Desapegue do que não usa mais

A dica fundamental da base da organização é desapegar de certas coisas que não possuem mais utilidade, com isso, você abrirá um espaço que pode ser útil ao guardar algo. 

Algumas pessoas possuem dificuldade em desapegar de certos objetos, nesse momento, o auxílio de profissionais, como um personal organizer, dará o suporte necessário para o descarte dos itens. 

Inclusive, se você procurar bem, encontrará uma empresa de reforma e construção que oferece serviços a fim de restaurar um móvel, em alguns casos, a restauração de um guarda-roupa pode motivar a pessoa a começar a cuidar de uma forma melhor da mobília. 

Todo cuidado com o móvel é pouco devido ao seu tamanho que, na maioria dos casos, é grande, ainda mais em quartos que são pequenos. 

3 – Escolha o tamanho e o tipo de armário certo

Em casos de mobiliar a casa com móveis novos, a pessoa pode considerar estudar tipos de guarda-roupa que encaixarão melhor com o cômodo. Em outros casos, é recomendado colocá-lo em paredes que estão longe da porta de entrada, e com a lateral menos visível. 

Aplicando essa dica, você perceberá que existe um espaço no seu quarto que não havia sido aproveitado. 

Inclusive, certos guarda-roupas possuem a praticidade que podemos comparar com uma porta de enrolar automática, isso porque esse tipo de produto é voltado para espaços pequenos, mas que necessitam de segurança. 

Quanto maior for a praticidade do guarda-roupa, mais perceptível será que a estrutura do quarto foi estudada para preservar todos os espaços possíveis. Ademais, existem portas tradicionais, que todo mundo conhece, onde se deve puxar para ter acesso a parte interna. 

Estas portas, ao puxar, acabam ocupando um espaço entre a porta e a parte de dentro do guarda-roupa. Por outro lado, há portas que necessitam apenas deslizar para o lado, esta opção tem muita praticidade. 

4 – Conheça as opções de armazenamento

Cada caso é um caso, se o cômodo não possui a possibilidade de ter um guarda-roupa longe da porta, há a opção de amenizar esse tipo de problema com as prateleiras laterais. 

Este tipo de prateleira tira a sensação de paredão da lateral fechada, dando um ar mais leve no quarto e menos pesado ao móvel. 

Há casos em que, apesar do guarda-roupa ser grande, a presença de espelhos pode disfarçar. Quanto maior o espelho nas portas, maior a sensação de que o quarto é grande, bem como de que há espaço sobrando.

Nichos também são opções que estão sendo muito usadas para a decoração de quartos, fazendo com que certas coisas passem a servir de decoração. Há guarda-roupas que já possuem nichos e prateleiras, deixando o móvel ainda mais leve. 

5 – Monte um quarto moderno

Atualmente muitas pessoas buscam personalizar o seu quarto com os temas mais diversos, entre eles, há um nicho que planeja uma estrutura voltada aos games. 

Nesse caso, estas pessoas optam por comprar painéis acústicos que, resumidamente, trabalham na absorção sonora, dando uma qualidade maior na saída de voz nos formatos sonoros ou audiovisuais, o que é ótimo para os gamers.

Inclusive, além de um bom painel, essas pessoas prezam também por um bom computador, uma cadeira confortável e uma mesa que combine com o guarda-roupa e com o restante de todo o quarto.

Ademais, existem empresas que trabalham diretamente em conserto de portão basculante, e que podem auxiliar na escolha do melhor tipo de porta, mesa, armário e outros itens que combinarão com o quarto. 

Apesar do foco destas empresas serem em portões residenciais, o conhecimento delas pode ser aproveitado na estrutura geral da casa. Dependendo do porte do quarto, uma boa ventilação através de um pequeno exaustor de parede pode trazer conforto e economia. 

Essa opção utiliza motor elétrico ou natural, trabalhando na captação de ar quente e odores acumulados no ambiente, e substituindo-os pelo ar frio. Inclusive, a ventilação do quarto é fundamental para garantir a saúde e higiene da pessoa, e do ambiente. 

No contrário, a má ventilação poderá acarretar no acúmulo de odores e poeiras dentro do quarto. Dentre as opções, há os ar-condicionados que são colocados na parte superior da parede, porém, dependendo do caso o aparelho pode passar a impressão de pouco espaço. 

Para isso, existem projetos de ferramentaria que projetam minuciosamente o quarto, usando softwares capazes de medir cada espaço do cômodo. Estes softwares trabalham diretamente com a tecnologia 3D, trazendo um ar mais realista do que pode vir a ser o resultado final. 

Considerações finais

Projetar o quarto de acordo com as condições que ele apresenta pode ser um grande desafio, afinal, cada escolha é feita com seus devidos cuidados. 

A construção e personalização vai desde a escolha dos móveis, até o controle do fluxo de ar e espaço. Esse processo pode ser complicado, em alguns momentos, mas ao mesmo tempo pode ser bem divertido. 

A base de um quarto organizado e bem projetado é parecido com o funcionamento das válvulas retenção, que têm como finalidade facilitar o fluxo de água e permitir que escoe em uma única direção. 

Por fim, o conceito de um quarto organizado é este, permitir um fluxo livre e organizado de objetos e pessoas, mesmo que você conte com um amplo guarda-roupa dentro do ambiente.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta